Ibero-Amerikanisches Institut
Preussischer Kulturbesitz


Fotografia histórica de máquina têxtil




Projetos concluídos

O Brasil nas Américas: Convergências e perspectivas

Sendo um poder econômico e político regional na América do Sul, o Brasil tem envidado esforços com vista a fortalecer a sua posição internacional nos últimos anos. Esta preocupação se manifesta principalmente nas relações com os vizinhos hispano-americanos e os Estados Unidos. Tradicionalmente as relações existentes entre o Brasil e as Américas costumavam oscilar entre: a) um grande distanciamento e desinteresse para com os países hispano-americanos, fomentado pelo interesse em estreitar as relações com a Europa e os Estados Unidos; b) uma rivalidade histórica em relação aos vizinhos sul-americanos, cujas raízes foram plantadas pelas disputas entre as antigas potências coloniais (Espanha e Portugal); c) sua atuação como fator de estabilização e agente de cooperação na América Latina. No âmbito deste projeto foram organizados dois simpósios internacionais em cooperação com o Instituto Latino-Americano da Universidade Livre de Berlim (Lateinamerika-Institut der Freien Universität Berlin - Sérgio Costa) e a Universidad de Chile (Horst Nitschack): "Brasil no contexto americano por volta de 1900” (Brasilien im amerikanischen Kontext um 1900" (em outubro de 2002) e "O Brasil e as Américas – Convergências e Perspectivas / Brazil and the Americas – Convergencies and Perspectives" (Dezembro de 2004). (Coordenação do projeto: Dr. Peter Birle)

Projeto Arqueológico Dzehkabtún

As ruínas de Dzehkabtun da cultura maia do período Clássico Temprano a Clássico Final localizadas no norte do estado mexicano de Campeche são um sítio arqueológico conhecido na pesquisa desde 1887 quando Teobert Maler as visitou, descreveu, fotografou e fez esboços de vários edifícios e monumentos no centro do povoado.

O projeto de medição e escavação dá continuidade a estudos prévios feitos em 2008, nos quais o cento da vila foi estudado por uma equipe da Universidade de Bonn sob a chefia de Dr. Iken Paap. Este trabalho revelou que Dzehkabtun é bem mais amplo e seu estilo arquitetônico muito mais heterogêneo do que se supunha até então. Há, por exemplo, construções de grandes dimensões do Clássico Final ou Epiclássico. Estas edificações tardias apresentam modos de construção e concepções espaciais diferentes em comparação às “estruturas em forma de C”, bem estudadas em Puuc, a região vizinha ao norte. No âmbito do projeto, estas obras eram objeto de estudo arqueológico, a fim de colocar as seguintes questões em um contexto regional mais amplo: a continuidade desde o período Clássico (durante o qual Dzehkabtun ficou na zona de transição entre duas regiões estilísticas), o tecido sócio-político e as razões que levaram ao abandono do povoado bem como dos centros vizinhos na península central de Yucatán. Em paralelo, a medição e o mapeamento topográfico do povoado continuou.

Financiamento: Deutsche Forschungsgemeinschaft (Sachbeihilfe).

Período de duração: 2012-2018.

Planejamento, coordenação e diretora do campo: Dra. Iken Paap.

Página na inernet do proyecto:

http://dzk-online.de/

Organização e catalogação do espólio do etnólogo americanista Max Uhle (1856-1944)

O objetivo deste empreendimento era a organização, classificação e catalogação do espólio de um dos americanistas alemães de maior destaque existente no Instituto Ibero-Americano (IAI): o arqueólogo, etnólogo e lingüista Max Uhle (1856-1944). O projeto, realizado entre 2001 e 2003 com o apoio financeiro da Fundação Alemã para a Investigação Científica (Deutsche Forschungsgesellschaft – DFG), permitiu incluir mais de 650 títulos no catálogo do IAI e mais de 250 registros nas bases de dados supra-regionais, que se tornaram assim acessíveis à pesquisa científica. (Coordenação do projeto: Dr. Gregor Wolff/Dr. Peter Masson).

Organização e catalogação do legado de Robert Lehmann-Nitsche (1872-1938)

O objetivo do presente projeto é a organização, catalogação e descrição do espólio do etnólogo e antropólogo Robert Lehmann-Nitsche, a fim de colocar o material à disposição de cientistas e pesquisadores do mundo todo. O projeto também engloba a preparação e publicação de manuscritos inéditos. Lehmann-Nitsche viveu em La Plata entre 1897 e 1930, de onde realizou muitas viagens de pesquisa pela Argentina para estudar antropologia, mitologia, etnologia e folclore, em particular o folclore crioulo, incluindo a cultura gaúcha, da região de La Plata. O Instituto Ibero-Americano conserva fotografias, cartas, recortes de jornais, manuscritos e uma importante coleção de literatura popular, conhecida como "Biblioteca Criolla", cuja digitalização também está prevista no âmbito do projeto. Ademais, há gravações sonoras em cilindros de cera, cartas e anotações que se encontram no Museu Etnológico de Berlim. A organização e catalogação do espólio foram iniciadas em outubro de 2007 com o apoio financeiro da Fundação Alemã para a Investigação Científica (Deutsche Forschungsgesellschaft – DFG). (Coordenação do projeto: Dr. Gregor Wolff)

Construções de identidades dos socialistas alemães na Argentina no fim do século XIX

Numericamente a migração alemã para a Argentina não se iguala aos movimentos migratórios provenientes da Itália ou Espanha, mas mesmo assim, a “Colônia alemã“ repetidas vezes despertou discussões polêmicas na sociedade argentina. Ao contrário das abordagens anteriores preocupadas sobretudo com a questão da “assimilação“ ou “integração“ dos imigrantes e dos seus descendentes na sociedade argentina, no marco deste projeto a construção de identidades representa o foco prioritário da pesquisa. Trata-se das construções de identidades que os grupos de migrantes desenvolveram de si mesmos e do seu entorno durante décadas de interação com seu país de origem e com a sociedade de acolhimento. O objeto da análise foi o grupo de socialistas alemães que desempenharam um papel decisivo no surgimento do movimento trabalhista na Argentina. O projeto foi concluído com a publicação de uma antologia bilíngüe do jornal Vorwärts publicado em Buenos Aires entre 1886 e 1901, uma fonte que revela tanto as construções de identidades dos socialistas alemães como os mecanismos e limites da transferência trans-nacional de idéias. (Coordenação do projeto: Dra. Sandra Carreras)

A encenação do próprio no estranho – curadores e gestores culturais como mediadores de mundos de arte/artificiais globalizados

A projeção de imagens do próprio e do estranho se manifesta, especialmente no trabalho de curadores e gestores culturais que, enquanto responsáveis pela concepção e organização de eventos culturais, percebem a cultura estrangeira com os olhos do país receptor e projetam-na na sua própria, ou seja, adaptam-na a uma imagem pré-concebida. Neste processo também intervêm códigos da vida cultural internacional que transformam o caráter exótico do desconhecido em algo decifrável em nível nacional. Com o presente estudo, pretende-se examinar as contribuições dos curadores e gestores culturais não apenas como meros mediadores, mas também como construtores de mundos de arte/artificiais globalizados. No contexto da série de eventos e exposições “MEXartes-berlin.de“ (2002), Graciela Schmilchuk entrevistou os curadores deste programa e depois fez uma avaliação das respostas. Em seguida, em dezembro de 2003, o Instituto Ibero-Americano realizou o colóquio Curadores, mercado de arte y política en América Latina em cooperação com o Centro Nacional de Investigación, Documentación e Información de Artes Plásticas (México). Paralelamente o chefe do projeto assumiu a coordenação do grupo de trabalho “Filosofía y conceptos de los centros culturales” na Red de Centros Culturales de América y Europa (2002-2007). (Coordenação do projeto: Friedhelm Schmidt-Welle).

As imagens da América Latina na literatura, no cinema e na publicidade européias / as imagens da Europa na literatura, no cinema e na publicidade latino-americanas

No âmbito deste projeto serão estudados os processos históricos de percepção e recepção recíprocos, considerando a representação de experiências de alteridade na literatura, no cinema e na publicidade. Paralelamente, haverá uma análise das repercussões das imagens do outro na visão de si mesmo e na construção discursiva de identidades culturais. Em julho de 2004, teve lugar um simpósio sobre o estado atual e as perspectivas da recepção da literatura latino-americana na Alemanha ("Die Rezeption lateinamerikanischer Literatur in Deutschland: aktueller Stand und Perspektiven") no Instituto Ibero-Americano (IAI), que contou com a participação de críticos e agentes literários, gestores culturais, leitores, editores e tradutores. A ata da conferência foi publicada em 2007 (Römer, Diana/Schmidt-Welle, Friedhelm, eds.: "Lateinamerikanische Literatur im deutschsprachigen Raum") e no fim do mesmo ano foi publicada a coletânea interdisciplinar "Wechselseitige Perzeptionen: Deutschland - Lateinamerika im 20. Jahrhundert" (eds. Birle, Peter/Schmidt-Welle, Friedhelm). Em 2008 realizou-se o simpósio "La revolución mexicana en la literatura y el cine" em cooperação com a Universidade de Guadalajara, o DAAD y a Cátedra Guillermo y Alejandro de Humboldt. Em 2011 foi publicado um volume do coordenador do projeto ("Mexiko als Metapher"). (Coordenador do projeto: Dr. Friedhelm Schmidt-Welle)

O Nacional-Socialismo e a América Latina

Neste projeto investigou-se, por um lado, a história do Instituto Ibero-Americano entre 1933 e 1945 e a questão: se e em que medida a diretoria do Instituto cooperou com o partido e o regime nazista. Por outro lado, também foram analisadas as relações com a América Latina na época do nacional-socialismo no contexto da história dos intelectuais e do intercâmbio científico entre a Alemanha e a América Latina durante a primeira metade do século XX, bem como suas conseqüências. Os resultados do projeto foram reunidos na coletânea "Um Instituto e o seu general. Wilhelm Faupel e o Instituto Ibero-Americano durante o nacional-socialismo" (Ein Institut und sein General. Wilhelm Faupel und das Ibero-Amerikanische Institut in der Zeit des Nationalsozialismus) (2003). Em maio de 2004, foi realizado o simpósio "O Nacional-Socialismo e a América Latina. Instituições – Representações – Constituições do saber" (Der Nationalsozialismus und Lateinamerika. Institutionen, Repräsentationen, Wissenskonstrukte). As palestras proferidas durante o simpósio foram publicadas na série "Ibero-Online". Além disso, houve, em junho de 2005, outro simpósio internacional com o tema: “Culturas urbanas da memória: Berlim e Buenos Aires”. As diferentes facetas das relações entre o nazismo e a América Latina ainda foram retratadas e estudadas em várias conferências realizadas pelo IAI (Coordenação do projeto: Dr. Sandra Carreras)

Organização, catalogação e investigação científica do espólio de Wolfgang Hirsch-Weber

O projeto, apoiado pela Fundação Alemã de Pesquisa Científica (DFG), consiste na organização, catalogação e investigação científica do vasto espólio de Wolfgang Hirsch-Weber, cientista político alemão que viveu entre 1920 e 2004. Seu espólio reúne mais de 4.000 cartas, manuscritos de obras publicadas e inéditas, transcrições de entrevistas de testemunhas contemporâneas do Chile (1978-1983), cadernetas de anotações, apontamentos em papéis soltos, documentos pessoais, fotografias e outros documentos. São de grande relevância neste contexto, as cartas dos anos 1938 a 2000, inclusive a correspondência com pesquisadores eminentes da época bem como políticos e personalidades da cultura alemães e latino-americanos.

Três objetivos centrais foram definidos para a investigação científica do espólio: 1) a publicação de uma edição crítica de um manuscrito inédito incluído no espólio, no que Hirsch-Weber evoca acontecimentos ocorridos entre 1920 e 1940 e que constitui um material valioso para investigar os processos de construção da memória do exílio e da migração; 2) uma contribuição para a investigação das atividades políticas de emigrantes alemães na América Latina, inclusive a realização de um simpósio internacional sobre o tema “Migração e engajamento político“; 3) uma contribuição para a investigação das relações entre a Alemanha e a América Latina tomando como exemplo as atividades internacionais da social-democracia alemã na região. (Coordenação do projeto: Dra. Sandra Carreras/ Dr. Gregor Wolff).

Modernidade e diferença. Construções de identidades pelos "Hombres de Letras" latino-americanos no século XIX e intelectuais no século XX

O presente projeto analisa as construções identitárias pós-coloniais dos intelectuais latino-americanos nos séculos XIX e XX. A construção dessas identidades passa, por um lado, pela orientação nos modelos culturais oferecidos pelas respectivas metrópoles e, por outro, pelo esforço de diferenciação no contexto pós-colonial. Um elemento central do projeto é o estudo do fracionamento das elites e dos discursos intelectuais (discursos feministas, pós-colonialistas, pós-modernistas, étnicos, etc.). Em 2010, se realizou o simpósio "La historia intelectual como historia literaria (México y Argentina)", em El Colegio de México. Coordenação: Dr. Friedhelm Schmidt-Welle.

Cientistas alemães na Argentina (1850-1930)

O objetivo deste projeto é analisar as atividades de cientistas alemães na Argentina no perído que se estende de 1850 a 1930. Parte-se da premisa de que os cientistas alemães que permaneceram por um período relativamente longo na Argentina formam portadores de processos de intercâmbio e transferência entre os dois países, sendo assim atores importantes da transnacionalização. O período estudado abrange o momento em que se produziu a reoriantação para a América do Sul dos interesses científicos do renomado zoólogo Hermann Burmeister, a qual se inscreveu na tradição inaugurada pela viagem a América de Alexander von Humboldt, até o fim da República de Weimar. Ademais, este período pode ser entendido como o iníco de uma migração em cadeia de cientistas. Com o foco no aspeito transnacional, o projeto pretende dar uma contribuição à relativização do nacionalismo metódico predominante. Finalmente, a análise de formas concretas de transmissão de práticas científicas da Alemanha para a Argentina e vice-versa por meio dos cientistas envolvidos permitirá chegar a uma melhor compreensão dos mecanismos de transferência cultural. (Coordenação do projeto: Dra. Sandra Carreras)

Documenta Grammaticae et Historiae, Fase II: Português

Documenta é um projeto de documentação linguística e historiográfica. O objetivo é constituir um acervo eletrônico de gramáticas produzidas no Brasil e Portugal entre os séculos XVI e XIX, contextualizar os textos em relação às suas condições de produção e recepção, reunir os meta-termos gramaticais presentes nestas obras com o objetivo de criar um dicionário eletrônico e por os materiais a disposição para estudos e investigações (Dra. Ulrike Mühlschlegel, em cooperação com o Centro de Documentação em Historiografia Linguística (CEDOCH), Departamento de Linguística, Universidade de São Paulo).

O intercâmbio científico entre Alemanha e Chile desde a segunda metade do século XX

Apesar de que o Chile pertença dos países latinoamericanos mais pequenos, tradicionalmente desempenhou um papel importante no marco das relações científicas entre Alemanha e América Latina. A sua vez Alemanha desde muito tempo é um considerável ponto de referência em Europa para estudantes e cientistas chilenos. O objectivo do projeto foi analisar as influências académicas, os impulsos recíprocos e a formação de redes científicos entre ambos países desde a segunda metade do século 20. Cientistas chilenos que escreveram sua tese doctoral em Alemanha e científicos alemães que passaram um tempo mais longo no Chile foram interrogados para saber até que ponto a estadia em Chile / em Alemanha afectou seu entendimento de teoria e de métodos e daí relações de comunicação e de cooperação científicas se produziram a raiz disso. Ademais foi pesquisado o papel de científicos alemães em relação com o desenvolvimento das ciências sociais chilenas. Também foram analisados o significado do exílio chileno em ambos Estados alemães, o papel das fundações políticas alemãs e a importância dos programas de intercâmbio académico desenvolvidos pelos governos de ambos países. O projecto foi realizado em cooperação com Dr. Enrique Fernández (Universidad de Tarapacá) -recebendo recursos do Fondo Nacional de Desarrollo Científico y Tecnológico- e Prof. Dr. Nikolaus Werz (Universität Rostock).

Coordenação: Dr. Peter Birle; duração: 2014-2017



2021 || Ibero-Amerikanisches Institut Preussischer Kulturbesitz
http://www.iai.spk-berlin.de/