Ibero-Amerikanisches Institut
Preussischer Kulturbesitz


Fotografia histórica de máquina têxtil




Dra. Iken Paap

Dra. Iken Paap

Antropologia Cultural e Arqueologia

Tel.:

+49 30 266 45 3202

Fax:

+49 30 266 35 1550

E-Mail:

Selecione um item

1. Focos temáticos de pesquisa

  • arqueologia de assentamentos
  • cerâmica
  • México
  • região andina

top

2. Projetos em andamento

Projetos de pesquisa

Santa Rosa Xtampak: Cronologia e vínculos de um centro supraregional do Clássico Maya

Santa Rosa Xtampak (SRX, Mpo. Hopelchén, Campeche, México) é considerado, junto com Edzná, como o centro mais significativo da maya clássica da península central de Yucatán - uma consideração que até agora se baseava quase exclusivamente em estudos da arquitetura monumental e epigrafia do centro do assentamento. O local, que foi habitado desde o período pré-clássico, atingiu importância supraregional nos períodos Clássico tardio e Clássico tardio (ca. 700-1000 d.C.). Tem sido objeto de intenso estudo desde o século XIX, mas principalmente na arquitetura preservada (incluindo um palácio de três andares, ver foto da capa). Santa Rosa Xtampak desempenha um papel fundamental na compreensão da estrutura econômica e sócio-política do período clássico na região central da península de Yucatan, mas até hoje dificilmente tem sido objeto de extensas escavações arqueológicas e estratigráficas. Como base para pesquisas futuras, será desenvolvida uma cronologia estratigráfica básica para SRX através de enseadas de escavação sistemática em áreas representativas selecionadas do assentamento.Co-Director: Antonio Benavides Castillo (Centro INAH Campeche). Duração: 2020-2022. Apoio: BKM. Mais informações: https://arqueologiai.de/es/srx/

Material linguistico da época colonial do planalto de Guatemala nos acervos do IAI

Walter Lehmann (1878-1939) e Eduard Seler (1849-1922) colecionaram vastos materiais sobre as línguas indígenas mesoamericanas que encontraram o seu abrigo no Instituto Ibero-Americano de Berlim, entre eles, dicionários e textos doutrinais, até então ineditados, como originais e cópias únicas escritas à mão. O objetivo deste projeto é documentar, analizar e publicar sucessivamente os dicionários e textos do IAI acerca do material indígena colonial, procedente das terras altas de Guatemala, a respeito das linguas Quichê (K’iche’) e Cakchiquel (Kaqchikel). Faz parte de um projeto mais amplo sobre a lexicografia destas línguas de Frauke Sachse (Rheinische Friedrich-Wilhelms-Universität Bonn) e Michael Dürr (Freie Universität Berlin). O projeto lexicográfico se enquadra no campo da linguística misionária e contribuirá para a nossa compreensão geral dos processos da geração do saber colonial e da transferência de conceitos culturais através do planejamento linguistico misionário. Primeiramente devem ser digitalizados os documentos que num segundo passo, serão disponibilizados, pela primeira vez, numa edição filológica em forma de livro ou artigo para a pesquisa. Duração: 2015-2018

top

3. Publicações

Monografias e edições

Artigos

top

4. Consultoria

Fundação Alemã para a Investigação Científica (DFG)

top

5. Curriculum Vitae

Desde dezembro de 2010

Pesquisadora, Seção de Pesquisa e Publicações do Instituto Ibero-AmericanoEditora da revista INDIANA

2009-2010

Diretora de escavação: Projeto Arqueológico Uxul, Abt. für Altamerikanistik, Institut VII [Departamento de Estudos Pré-Colombianos, Instituto VII], Universidade de Bonn

2007-2008

Bolsista do curso de especialização do Instituto de Arqueologia da Alemanha (Cluster de pesquisa 1)

2001-2007

Colaboradora científica, Diretora de Escavação: Projeto Arqueológico Xkipché, Institut für Altamerikanistik und Ethnologie [Instituto de Estudos Pré-Colombianos e Etnologia],Universidade de Bonn

2001

Tese de doutorado: “Die Keramik von Khyinga, Mustang District, Nepal” [A cerâmica de Khyinga, distrito de Mustang, Nepal], Universidade de Bonn

1991-2001

Cooperação no Nepal-German Project on High Mountain Archaeology, DAI-KAVA, Bonn

1994

Colaboradora científica: Projecto Arqueológico Xkipché, Universidad de Bonn

1993

Dissertação de mestrado: "Methodenkritik des Virú Valley Projects" [Crítica metodológica do Virú Valley Projects]

1985-1993

Curso superior nas Universidades de Viena e de Bonn (etnologia/ estudos pré-colombianos, pré-história e proto-história, romanística)



2021 || Ibero-Amerikanisches Institut Preussischer Kulturbesitz
http://www.iai.spk-berlin.de/